Skip to main content
o que é resiliência?

O que é resiliência? 10 dicas para ser um profissional resiliente

Resiliência é a competência do momento. Um profissional resiliente é antenado no mercado, consegue entregar o que promete e é capaz de promover mudanças estratégicas e entender seu valor.

O que é Resiliência?

As pessoas escutam por aí que elas precisam ser resilientes, mas muitas vezes elas não sabem o que isso significa. Resiliência é um conceito oriundo da Física, que se refere à propriedade de acumular energia quando exigidos ou submetidos a extrema pressão, voltando em seguida ao seu estado original, sem qualquer deformação, como um elástico. Bom, até aí tudo bem, mas o que isso significa para o mundo corporativo?

Fazendo uma junção de alguns conceitos sobre resiliência, pode-se concluir que é a capacidade de:

  • Promover as mudanças necessárias para atingir seus objetivos e os da empresa;
  • Vencer as dificuldades, os obstáculos, por mais fortes e traumáticos que elas sejam;
  • Manter as competências e habilidades, mesmo diante das adversidades;
  • Antecipar crises, prever adversidades e se preparar para elas;
  • Ter firmeza de propósito e manter a integridade.

A resiliência e o mercado de trabalho

Hoje no mercado, as empresas vêm buscando esses profissionais capazes de suportar o estresse e se adaptar a ambientes conturbados. Um profissional resiliente é capaz de administrar uma situação estressante, visualizando o problema como um todo. Ele terá forças para enfrentar a adversidade e ainda será capaz de apresentar soluções criativas e eficazes. Parece algo impossível, algo mágico, não é mesmo? Mas, a boa notícia é que todos nós podemos nos tornar resilientes.

Abaixo seguem 10 dicas para quem quer ser um profissional resiliente e fazer a diferença em sua carreira:

• Mentalize seu projeto de vida, mesmo que ele não possa ser colocado em prática imediatamente. Sonhar com seu projeto é confortante e reduz a ansiedade;

• Pratique esportes e métodos de relaxamento e meditação para aumentar o ânimo e a disposição. Os exercícios aumentam o nível de endorfinas, hormônios que proporcionam sensação de bem-estar;

• Procure manter o lar em harmonia, pois este é o “ponto de apoio” para recuperar-se;

• Aproveite parte do tempo para ampliar os conhecimentos, pois isso aumenta a autoconfiança;

• Transforme-se em um otimista em potencial;

• Assuma riscos (tenha coragem);

• Apure o senso de humor (desarme os pessimistas);

• Separe bem quem você é do que você faz;

• Use a criatividade para quebrar a rotina;

• Permita-se sentir dor, recuar e, às vezes, flexbilizar para em seguida retornar ao estado original.

A minha intenção não é trazer aqui apenas um manual perfeito que ao seguir você se tornará um resiliente nato. Acho que o importante é ler as dicas, mas pensar na maneira de tornar sua vida melhor e como você pode aplicar tais dicas para sua carreira.

Você não se tornará um  profissional resiliente do dia para a noite, mas com determinação e força de vontade conseguirá mudar a sua vida profissional, pode ter certeza. Apenas acredite em seus sonhos e siga suas metas!

Você também precisa ler isso...

Vinícius Mont Serrat

Empresário, empreendedor, fundador da primeira agência de mídias sociais de Minas Gerais, sócio da Pocket Lab, onde desenvolve projetos digitais, e fundador da Empresa Enxuta. Já ajudou dezenas de empresas e profissionais liberais a otimizarem seus negócios.